Questões ao Sr. Presidente da Câmara

“Interessante e engraçadinho, bom para a fotografia” – Sr. Presidente, apelidar assim a ação das Árvores do CPC é desrespeitoso e desadequado. Sinto muito que assim o entenda e assim se expresse. Levamos tudo muito a sério, respeitando e incentivando os cidadãos a respeitar as regras e a contactar os serviços municipais para assumirem a sua competência e responsabilidade. Não merecemos nem a reprimenda nem a ameaça!

Vespa asiática – sendo este um problema que tem preocupado muito a população e apercebendo-nos da ação empenhada da Proteção Civil, pensamos que seria importante prestar informação global e concreta sobre a sua dimensão e evolução, bem como sobre os verdadeiros riscos e formas de proteção.

Glifosato – já aqui trouxemos esta questão, tanto na forma de apelo para o seu abandono, como na forma de sugestão para que se inclua o seu despiste na análise das águas. Voltamos a trazer, dando eco a uma recomendação do Cpc na Assembleia de Freguesia de Eiras, que incluía propostas de substituição deste processo por outros mais adequados à proteção do ambiente e da saúde. Além do método mecânico, já usado, mas dispendioso, são sugeridos os métodos térmico (a vapor de água) e o químico alternativo (com ácido acético, vulgo vinagre). Sendo os equipamentos dispendiosos, apelamos para que a CM incentive e financie as Juntas de Freguesia neste propósito.

O rio – não queremos usar a tragédia para desfazer na praia do Sr. Presidente. O Rebolim é bonito, pode ser seguro como verdadeira praia fluvial e uma boa opção de lazer para os cidadãos. O que não percebemos é o porquê de se desprezar o potencial do rio, aqui mesmo aos pés da cidade. Aquando do Campeonato de Kayake Polo, pudemos ver a simplicidade e funcionalidade das piscinas fluviais e o modo como atraía e dinamizava a cidade. Ver aquelas margens tão bonitas e sugestivas, com o rio ali mesmo a oferecer-se, deixa-nos perplexos com tanto desperdício, quando lembramos o lema batido de “Valorizar Coimbra”. Atrair eventos é positivo, mas ficar-se por aí, à espera que cheguem, é menorizar Coimbra.

Via estruturante S. Martinho – Santa Clara – Há 2 meses dirigimos ao Sr. Presidente um pedido de informação sobre a Via estruturante S. Martinho – Santa Clara, pois parece-nos essencial para a polémica da localização da Maternidade, uma vez que o critério do acesso é um dos apontados para a diferenciação. Nesta hora em que o assunto volta à ordem do dia, seria essencial que a Câmara Municipal informasse para quando a sua construção. 

 

AM Coimbra – 27 setembro 2019

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s